29 junho, 2010

Para um Idiota

Não tem texto melhor pra ontem e hoje do que esse ! É do blog depoisdosquinze.com.br que eu amo demais *-* O texto é escrito pela linda Br Vieira :)
Ps: esse texto está sem nenhuma alteração e traduz EXATAMENTE ontem e hoje :)
beijo, :*

-

Para Um Idiota

Às vezes quando vejo partes suas, sinto vontade de voltar a ser aquela velha idiota de antes. Aconteceu agora, o seu sorriso de lonhe. Eu me lembro de quando você o fazia por me ver. Eu acreditava no que você dizia, mesmo fazendo sempre o oposto. O que eu sentia era puro, meu coração explodia toda vez que imagina que tudo aquilo era realidade. Você me provou o contrário, derrubou o castelo que eu construi sozinha. Nós iriamos morar nele, você fugiu de casa. E o pior, por mais que você tenha pisado em todos os sentimentos que te dei, você não consegiu acabar com tudo. Talvez tenha ficado com medo de sujar aquele seu tênis de marca idiota, ou nem isso saiba fazer. E o que você deixou inteiro, ou quase ainda existe dentro de mim. Não é o suficiente para tentar o impossivel (mudar você), mas é o suficiente para enlouquecer (estou escrevendo novamente sobre você, isso já é um sinal de loucura). Se você dissesse que não e sumisse, seria mais fácil. Mas não, você faz questão de mostrar que ainda existe. Que ainda sabe sorrir, e não precisa de mim para isso. Tenho certeza que hoje, não duraríamos nem um dia. Mas, meu coração não precisa de tudo isso. Talvez algumas horas, alguns minutos, alguns momentos. Só você, eu e o seu cheiro. Você fazer com que a fantasia que fez existir dentro de mim durante todo esse tempo, por alguns instantes, fossem realidade.
Mesmo que depois você voltasse para ela.
E fingisse que não me conhecesse na rua.
Beijos, Br


27 junho, 2010

Foi por amor.

"O que sinto vai além das palavras. (..) Tem coisas em você que me fazem bem não sei porque."


Você me desconfigura por completa, só de te ver meu coração acelera e minhas mãos tremem. Você faz de tudo que me magoa, e eu ainda não consigo te odiar, faça o que faça, tudo que sinto permanece. Eu quero esquecer. Só isso, seria melhor pra mim, pra você, pra todo mundo. Meu melhor eu já dei pra tentar de ter comigo, mas parece que valor nenhum tem isso pra você. Tudo bem. Te amar só entrou pra minha longa lista de péssimas escolhas, e não para os de arrependimento, porque por você eu repetiria tudo que fiz, erro por erro, foi tentando acertar, mesmo talvez eu nunca tendo acertado contigo, ainda sim, foram tentando o 'acerto', não conseguir. Paciência. Foi tudo por amor, e ninguém nunca conseguirá entender tudo isso.

Me afastar.

Acabou? Eu estou cansada dessa rotina, de chegar devagarzinho na sua vida se tornando cada dia um pouco mais especial, depois acontece algo ridículo ou eu cometo algum erro esdrúxulo e tenho que começar tudo de novo. Tento me afastar, te esquecer, e não dá certo, e eu volto, sempre com um sorriso falso no rosto transmitindo aos outros uma falsa felicidade, quando minha cabeça doí, e meu coração é dividido em vários pedaços que você rouba toda vez que se aproxima de mim, todo meu corpo está tremendo de medo de qual decisão melhor a tomar pra você apenas entender que tudo que eu faço é só pra ter você ao meu lado. Eu não suporto sua ausência e talvez isso tenha me prejudicado porque tento estar ao máximo que posso perto de você, enquanto você não me quer ali todo tempo, talvez nos tempo de tristeza precisando de um ombro amigo, ou pra desabafar sobre dela não é? Sabe.. eu acho que nunca passei por tanta coisa boa e ruim só para provar a uma pessoa que o meu sentimento é verdadeiro e duradouro, só que eu não consigo mais. Eu posso ser mais uma menina que sofre de 'desilusão amorosa', mas no fundo eu acho que é mais que isso. Perder você de vez pra mim é dizer que tudo que eu fiz foi inútil, dizer que todos meus esforços foram em vão, e que agora não tem mais jeito, não tenho nenhuma saída, ou melhor tenho uma.. abrir mão de mais coisas ainda e me afastar, definitivamente.
25 junho, 2010

Fora do lugar.

Parece tudo estar normal, pra quem ver de fora toda a minha história acha que nada está errado, que eu estou bem e só. Mas não está, nada está certo e no lugar, eu estou mal, eu queria te-lo do meu lado, eu queria poder falar com ele tudo que sinto desde do inicio de toda essa história, mas de que adiantaria? Mais distancia entre agente, e mais arrependimento depois? Eu não quero isso, eu só quero saber se tenho só uma saída pra algo dar certo, ao menos um momento realmente feliz, que eu realmente esteja bem, sem ter que sorrir quando minha vontade é de chorar ou apenas não gesticular meu rosto, sem ter que ficar calada quando minha vontade era gritar pra todo mundo ouvir, sem ter que pensar duas vezes antes de falar pra não me arrepender depois e sim falar sinceramente o que penso. Eu queria ter você independente do que tenha que fazer ou enfrentar, por você já mudei quase uma vida inteira, o que mais posso fazer pra você acreditar que eu te amo ?
20 junho, 2010

Preciso esquecer.

O tempo insiste em passar devagar, me fazendo lembrar minuto por minuto de tudo que aconteceu, sem me deixar escapar nenhum detalhe. Dói. Muito. Porque se existe pessoas no qual eu amo, de verdade, que eu coloco a mão no fogo, que eu viro o mundo, que eu faço o impossivel se isso deixa-lo feliz só uma certeza eu posso dar, você está dentre essas pessoas. Eu nunca soube direito dar o devido valor as pessoas merecidas, eu sempre costumo exagerar ou diminuir, e isso o faz pensar que eu não sei o que amor, o que é sentir de verdade o que é sentir, amar, cuidar, sorrir, e as vezes chorar e sofrer por uma pessoa, acha que pelo fato de que sempre tento ressaltar a você o quanto é importante, talvez por isso ache que é assim com todas as pessoas que conheço, ou meus amigos, e não é. Você não sabe e nunca soube o real sentido da palavra amigo, você pior do que eu nunca soube cuidar de quem gosta de verdade de você, nunca viu que em todos os melhores e piores momentos que você passou, se não estava presente, eu estava por perto, eu estava sim a parte do que acontecia, eu sempre preocupada porque o seu sonho realizado é o meu mundo alegre. Eu juro que já tentei não sentir mais que isso, que já tentei odia-lo ou ao menos não me importar tanto, ou nada. Como já disse eu tentei. Não consegui, tento manter uma distância média de você para todo aquele pedacinho do meu coração que existe de você em mim morrer. E morre. Mas toda vez que te vejo, que escuto a sua voz, não sei, é como se todos esses pedacinhos regenerassem e ainda duplicassem, e eu volto a rotina de sempre tentando esquecer o que eu mais quero lembrar dia após dia que é o meu sincero amor pela única pessoa que um dia me fez modificar toda uma vida.
17 junho, 2010

Uma Garota

Sorridente, dramática, sincera e educada, que vive num mundo estranho onde o real sentido da vida se perdeu, onde o real sentido da palavra VIVER está totalmente esquecido. Viver? Não é apenas conseguir o que queremos, e na hora que queremos, não é ser amada ou odiada só por quem você ama ou não.
Essa garota ama escutar música e viver quieta, sozinha. Ela queria um amor de verdade e duradouro, mas com tudo que passou e se passa ela só aprendeu que amar dói, e muito, mas se apenas sobrevive a esse mundo não fica imune a esse 'sofrimento', notícia boa? passa, não passou ontem, e talvez não hoje, mas quem sabe amanhã? ou depois? Não passou ainda, mas vai passar ;)

Ela está aprendendo a dar valor aqueles que lhe mostram afeto e confiança de verdade.
Ela gosta de chocolate, sair, cantar e dançar quando ninguem está olhando, escrever e assim passa despercebida, invisivel para todos aqueles que só pensam em si mesmo, querem apenas ver o que parece, quer seguir as generalizações ou modinhas, querem conhecer aqueles que podem lhe trazer algum benefício, algo reciproco apenas.

Ela juro ainda manter vivo o desejo de querer ser feliz ao lado de alguém, mas só espera o momento certo, a pessoa certa e o lugar certo para mostrar seu potencial de fazer uma pessoa se sentir feliz, sorrindo espontâneamente junto com ela.
Ana Cristina Caldeira
15 junho, 2010

Mentiras

Porque as pessoas mentem tanto? Foi essa mentirinha aqui e ali que hoje o mundo se tornou tão banal e fútil, “mentir é preciso”... Será? Como pode você mentir, enganar outra pessoa e isso ser a melhor coisa a ser feita? E pior você mente diariamente para pessoas ao seu redor, mas você tem “ódio” das pessoas que não são sinceros contigo! Hãn?Oi? Você mente, outras pessoas mentem também, se você não é diferente porque necessariamente eles tem que ser? Porque não você? Não queira que a sinceridade reine na sua vida de uma hora pra outra se você não começa a cultivá-la.. É graças a tal mentirinha que hoje “eu te amo” se tornou mais uma frase, mais uma normal de se falar e escutar.. Sabe por que os ‘famosinhos’ não conseguem mais distinguir mesmo quem os ama, quem os admira pelo que realmente são e não por que são modinhas e estará sempre ali? Graças a você, que utiliza equivocadamente a palavra ‘fã’.. Desde quando? ontem? Quando viu que ele saiu em uma revista, apareceu na TV, ou tem mais de /tantos followers ou /tantos perfil’s de orkut?. É graças a você que diz “eu te amo” num dia e no outro que você não consegue um “oi” do seu ídolo ele é um chato e não responde ninguém. Você já passou por aquilo, e sabe como é tal situação? N-Ã-O! Então para de mentir para o mundo e para você, o mundo se tornaria um lugar melhor se cada um tomasse conta das suas atitudes, mas não preferem ficar ‘bisbilhotanto’ e interferindo na vida alheia e esquece a principal, a que mais precisa de ajuda e seus conselhos, a SUA! #fikdik
13 junho, 2010

ficar bem

O meu maior medo era amar e não ser amado, amar e ao invés de viver esse sentimento que é tão lindo cheio de felicidade, viver ele com dor, sofrimento e lágrimas, e talvez por eu ter tanto esse medo tive que passar por tudo que passei, amei, como amei, sofri como sofri, chorei como chorei, é estranho ter que descobrir sentindo na pele que um sentimento tão puro também é capaz de destruir por dentro uma pessoa quando não se é vivido devidamente, intensamente, sinceramente entre duas pessoas. Pouco fui feliz, mas o suficiente pra eu ver como é bom se sentir amado, queria poder sentir isso novamente de uma forma mais pura e intensa, mais duradoura, só queria um amor de verdade, alguém que eu pudesse ter ao meu lado por muito tempo. Eu queria abrir meu coração novamente, me apaixonar, amar, sorrir, ser feliz, viver, fazer tudo ficar mais bonito, mais colorido, fazer do mundo um paraíso. Eu não sei se ainda posso amar, espero um dia alguém me ensinar e ver que ainda sou capaz disso, capaz de amar sem medo. Quero fechar os olhos e sentir suas mãos nas minhas me guiando pra felicidade, meu coração ta fechado, espero que um dia alguém possa abri-lo novamente. Estou preso vivendo este sonho, na esperança de um dia ficar bem.


( Autor Desconhecido - mas achei que parecia muuuito comigo então resolvi postar )


PS: não teve post de Dia dos Namorados ontem, porque como podem ver.. Não é para mim um dos melhores dias do ano ;D rs. Não agora. ;*
06 junho, 2010

Começos e Recomeços

A vida sempre nos proporciona momentos, bons e ruins, alegres ou tristes, mas ainda sim, momentos. Tudo na vida teve um começo, tudo tem sua origem querendo ou não. A vida por exemplo, é magnifico saber que mesmo antes de você ter ao menos um corpinho formado, sua mãe ouvir sua voz, ainda assim dentro de sua barriga, ela já te amava e fazia planos para a sua chegada. O começo da vida já começa com amor, é bom saber disso não é?
Mas nem tudo é assim, infelizmente, nem todo começo de algo é feito com amor ou tanto carinho, você erra, se engana, você GANHA e você também PERDE, mas sempre é hora de recomeçar, por mais difícil seja do que começar é preciso ter forças para recomeçar do zero.
Ana Cristina Caldeira
“ Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo, é renovar as esperanças na vida e o mais importante, acreditar em você de novo.
Carlos Drummond de Andrade
Ana Cristina, 15 anos, escreve apenas para si por encontrar na escrita algo mágico que ainda não sabe explicar, por isso apenas escreve. 
O nome do blog “Cartas para você” se deve ao fato dos textos em sua maioria ter um ‘destinatário’, talvez um amor não correspondido ou para um grande amigo, talvez apenas a vida, ou acontecimentos em sua volta que a faz ficar intrigada.
Passo longe de ser algo como escritora, mas ainda sim a escrita significa muito pra mim. 
Ocorreu um erro neste gadget